quinta-feira, 12 de abril de 2018

abril 12, 2018

Visitar o museu do Louvre, informações úteis



O museu do Louvre é parada obrigatória para quem visita Paris. O Louvre tem mais de 60.000 m2, sendo considerando o maior museu de arte do mundo. 

O museu reúne mais de 460 mil coleções de muitas civilizações e diferentes épocas. O acervo contém antiguidades de muitos povos como dos egípcios e do oriente, assim como pinturas, esculturas, desenhos e gravuras.

O museu do Louvre, antes ser um museu foi um castelo fundado no século XII que funcionou como fortaleza para impedir invasões inimigas. Com o passar do tempo o castelo foi transformado em palácio, e só no século XVIII o palácio se tornou um museu. Veja mais sobre a história do Museu do Louvre aqui.

Nós visitamos o Museu do Louvre e o meu resumo é:

“Perna pra que te tenho”.

A foto abaixo dar uma noção da extensão do museu do Louvre

    ↑Museu do Louvre. Foto:Museu do Louvre



Como chegar no Louvre?


O museu do Louvre fica às margens do Rio Sena, na rua de Rivoli, 75001 Paris, França. 

Para chegar lá apanha um metro da Linha 1 e desce na estação Palais Royal Musée du Louvre. Já de ônibus é possivel chegar no Louvre através das linhas 21, 24, 27, 39, 48, 68, 69, 72, 81, 95. Há possibilidade de apanhar o Batobus (barco) e descer na parada do Museu Louvre.




Quanto custa visitar o Louvre?


O ingresso poderá ser comprado online, mas existe uma bilheteira no local. O bilhete custa 17€  e no primeiro domingo do mês a entrada é gratuita para todos.


Compre ingressos no site oficial aqui

________________________________
Não paga:

Estudantes da União Européia (UE) com menos de 25 anos , é preciso apresentar documentos comprovativos na bilheteira. 
________________________________

Funcionamento

O museu funciona quase todos os dias, exceto nas terças e nos feriados 24, 25 e 31 de dezembro, 1º de janeiro, 1º de maio e 8 de maio.

O que não pode deixar de ver no Louvre?


Você poderá fazer o seu roteiro com antecedência, pesquisando no próprio site do museu. O aconselhável não é ver tudo correndo porque tem muita coisa, então é possível comprar um pacote para visitar o museu por mais de 1 dia. 

Se caso não haja muito tempo para a visitação, o ideal é visitar algumas obras e materiais imperdíveis e ver as demais obras no tempo que restar da sua viagem. Na entrada do museu você receberá um mapa e poderá saber onde estão as peças que deseja ver.

Algo que achei interessante foi que o museu disponibiliza mapas com diversos idiomas, inclusive o Português.


Selecionamos algumas obras e materiais que são imperdíveis no Louvre


Obras _Museu do Louvre em Paris_ desencaixotando a vida

1- Mona Lisa ( La Gioconda) 2-Amore e Psiche 3- Esfinge de Tanis 4- Código de Hamurabi 5- A liberdade guiando o povo  6-  Vênus de Milo 7- Touros Alados 8- Múmia Egipícia 9-Vitória de Samotrácia



1. Mona Lisa ( La Gioconda) 


Dentre as obras disponíveis no Louvre tem a  Mona Lisa de Leonardo Da Vinci. Sério! A galera pira na Mona Lisa! Chega ser chato porque fica uma multidão em torno do quadro tirando selfies, para ficar mais perto da “mona” tive que ir chegando devagarinho, pois toda gente queria fazer um book fotográfico com a Mona Lisa. 

A  "mona" foi a única obra que percebi sendo protegida por um cercado, já as outras obras que observei estavam tão próximas dos visitantes que seria possível tocá-las, mas é claro que não fiz isso, porque tenho respeito pelos materiais e não desejaria estragá-los.

2. Amor e Psiquê


É uma obra de Antônio Canova, escultura de mármore que mostra Psiquê ressuscitada pelo beijo de Eros, de 1787. 


3. Esfinge de Tanis


A esfinge é um ser presente na mitologia egípcia com o corpo de leão e cabeça humana ( geralmente representa a cabeça do Faraó).  A esfinge de Tanis é datada aproximadamente cerca de 2600 A.C.  A escultura está na ala egípcia do Museu do Louvre. 


4.Código de Hamurabi


O código de Hamurabi é um conjunto de leis e condutas instituídas pelo rei Hamurabi na antiga Mesopotâmia. Segundo algumas fontes a partir do rei Hamurabi surgiu o império Babilônico. O código está escrito sobre uma pedra, sendo a legislação mais antiga que até então se conhece.



5. A liberdade guiando o povo

Pintura do Artista francês Eugène Delacroix de 1830. A tela pintada à óleo representa a revolução que ocorreu em Paris contra o absolutismo. O artista usa a alegoria da mulher como para representar a democracia, essa mulher carrega a bandeira da França.

6. Vênus de Milo

A Vênus de Milo foi encontrada na cidade de Milo na Grécia. É uma escultura da idade antiga que faz referência a Vênus ( para os Romanos, já para os gregos Afrodite) que muitos acreditavam ser a deusa do amor e sensualidade.  A autoria é desconhecida, mas a escultura chama a atenção de muitos visitantes e artistas.


7. Touros Alados


São touros com asas e cabeça humana, eram colocados nas entradas das cidades mesopotâmicas, pois os povos acreditavam que os touros alados eram vigias e asseguravam a proteção da cidade.


8. Múmia Egipícia


Na ala egípcia é possível encontrar uma múmia. O processo de mumificação dos egípcios tinha a ver com a crença deles sobre a vida após a morte. Então eles retiravam as vísceras e armazenavam em potes de cerâmica. E tudo que os egípcios desejam ter ou registar eram depositados nos sarcófago junto ao corpo.

9.Vitória de Samotrácia


Escultura de 190 A.C.  encontrada na região de Samotrácia na Grécia e representa Nike, deusa que personifica a vitória. Ela está colocada sobre uma embarcação e possui asas.



Atrações próximas ao Louvre


Catedral de Notre- Dame (entrada gratuita)

Musée d'Orsay 

Musée Delacroix  (é possível ter acesso ao museu com o  ingresso do Louvre)





Se gostou partilhe com seus amigos e deixe um comentário

Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.
 sociais.

------------------------------------------------------------------

Todas as fotos autorais nessa publicação está identificada com marca d´agua, já as fotos não autorais estão sob licença de livre reprodução.

domingo, 1 de abril de 2018

abril 01, 2018

5 belas praias brasileiras para inspirar a sua viagem


O Brasil é riquíssimo em diversidade cultural, gastronômica, em belezas naturais entre outras riquezas. O Brasil foi contemplado pela natureza com belas praias de norte a sul do país. 

São muitas opções de praias que fica difícil escolher qual é a mais bela. Para quem tem dúvidas em relação a isso o Desencaixotando a Vida pretende inspirar você para organizar a sua viagem pelo litoral brasileiro. Em meio muitas opções destacamos 5 belas praias brasileiras.

1.MoreréIlha do Boipeba Bahia

imagem da praia do moreré_ Ilha do Boipeba

Moreré fica numa vila de pescadores em Ilha do Boipeba no estado da Bahia. A ilha caracteriza-se pelos 20 Km de praias sossegadas e natureza quase que intocada. Na Ilha há pousadas e restaurantes com a comida local. Uma das praias mais procuradas é a Moreré um verdadeiro paraíso tropical.

Quem parte de Salvador é possível chegar lá através do Ferry Boat, que pode ser apanhado na região de Água de meninos , depois desce no terminal de  Bom Despacho na Ilha de Itaparica ( outra ilha maravilhosa) e apanha uma condução pela estrada BA-001 em direção a Valença.Chegando em Valença continua o percurso de barco até Boipeba.





2.Praia do Forte○Mata de São João○○Bahia

imagem da praia do forte_ igreja_coqueiro_praia

A Praia do Forte é uma das praias mais procurada no litoral norte da Bahia. A praia fica no município de Mata de São João que fica um pouco mais de 70 km de Salvador, capital do estado. Em maré baixa ocorrem formações de piscinas naturais com águas cristalinas, estas piscinas abrigam pequenos peixes com colorações exuberantes.

Na Praia do forte é possível desfrutar de uma pequena vila com um clima agradável, restaurantes para todos os gostos e bolsos. Além das lojas com artesanato e produtos diversos.Na vila tem pousadas e hotéis que oferecem atividades turísticas diversas.

Para chegar na Praia do Forte é possível chegar de carro particular ou transporte público, este último uma passagem custa menos de 10 reais partindo de Salvador.




3.Canoa Quebrada○Aracati○○Ceará

Canoa Quebrada fica no Ceará

Canoa Quebrada fica no Ceará. Realmente a natureza caprichou nas terras cearenses. Não é de hoje que a praia da Canoa Quebrada é um ponto badalado no nordeste.

Há opções de hotéis e atividades na região, uma das atividades mais procuradas é passeio de buggy nas dunas da região. Por ter muitos ventos, a região atrai praticantes de Kitesurf.

Para chegar em Canoa Quebrada partindo de Fortaleza é possível apanhar um ônibus na rodoviária de Fortaleza.





4.Praia Cacimba do Padre○○ Ilha de Feranando de Noronha○○Pernanbuco

Cacimba do padre Fernando de NoronhaFernando de Noronha sem dúvida é um dos destinos mais procurados do Brasil. A localidade é um arquipélago que pertencente ao estado de Pernambuco, composto por 21 ilhas originadas de atividades vulcânicas.  A praia da Cacimba do Padre atrai muitos praticantes de surf, devido a força das ondas na maré alta. Na foto acima é possível ver o morro Dois Irmãos cartão postal de Fernando de Noronha, há muito que descobrir nessa região.Para chegar em Noronha, partem voos de Recife, capital do estado de Pernambuco. É preciso ter atenção que chegando em Noronha existe uma taxa de preservação, que todo turista paga e o valor dessa taxa depende da quantidade dos dias que o turista deseja ficar na ilha.



5.Praia das Laranjeiras○○Balneário Camboriú○○Santa Catarina

praia de Laranjeiras Santa Catarina

A Praia de Laranjeiras fica no município de Balneário Camboriú em Santa Catarina. A praia tem águas tranquilas,sendo a localidade cercada por mata atlântica. Há passeios de teleférico na região, então o visitante pode curtir lá de cima a bela vista.

Para chegar na praia das Laranjeiras estando no município de Balneário Camboriú o acesso a praia poderá ser pela avenida Interpraias.





Se gostou partilhe com seus amigos e deixe um comentário

Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.
 sociais.

------------------------------------------------------------------

Todas as fotos desta publicação não são autorais e estão sob licença de livre reprodução.


domingo, 25 de março de 2018

março 25, 2018

Keukenhof: O maravilhoso jardim na Holanda, como chegar e comprar ingressos.

keukenhof parque holandês, tulipas e moinhos de vento
Foto divulgação keukenhof
O Keukenhof Garden, antiga propriedade do século XV da condessa Jacoba van Beieren com extensão de 200 hectares. É um dos maiores jardins do mundo, e um dos mais visitados desde a década de 50 quando foi aberto ao público.

Quem ama flores certamente ficará fascinado com a diversidade desse lugar. Fora os cenários românticos criados por diversos especialistas em jardinagem. O Keukenhof inspira paz, relaxamento, romantismo e infinitas sensações. Já pensou receber um pedido de casamento nesse local? Ou fazer um ensaio fotográfico com esse cenário maravilhoso?

O Keukenhof foi um dos lugares mais lindos que visitei na Europa. É um local que recomendo de olhos fechados para quem deseja viajar para os Países Baixos. O keukenhof fica nos arredores de Amsterdã. E você poderá planejar sua visita acessando o site oficial (aqui), além de conferir os meses e dias de funcionamento do parque. Em geral está aberto entre os meses de março a abril.

Quando ir ao Keukenhof?

keukenhof parque holandês, tulipas e outras flores

Os meses da primavera europeia coincidem com a abertura das visitas ao parque. A primavera na Europa ocorre entre os meses de março e maio. Os dias de abertura do parque não são exatamente iguais, por isso o ideal é visitar o site ou acompanhar as publicações nas redes sociais.
Em 2018 o parque abriu em 22 março e tem data prevista para encerramento no dia 13 de maio. O horário de funcionamento é das 8h às 19h30.


Quanto custa visitar o Keukenhof?

keukenhof parque holandês, tulipas, canal, árvores, vegetação

Os ingressos para o Keukenhof custam para adultos €17, já para as crianças ou jovens de 4-17 anos os ingressos custam €8. Para Grupos a partir de 20 pessoas os ingressos custam €14,75.  A visita guiada custa mais 5 euros. Se for de carro o estacionamento custa 6 euros.

É possível adquirir um combo Ingressos + transporte ida e volta. Os valores variam entre €24,50 a €29,50 dependem do local da partida.

Foto reprodução valores dos ingressos e combo ingresso+transporte/ Keukenhof

Os ingressos podem ser comprados na bilheteira, mas o melhor é comprar antecipadamente pelo site (aqui). Os ingressos não tem data marcada, mas eles apenas são válidos na temporada de abertura do parque. Encerrou a temporada? Os ingressos perdem a validade.

Como chegar no parque Keukenhof?


O Keukenhof fica situado em Lisse uma cidade Holandesa que fica um pouco mais de 30km de Amesterdã. Para chegar na localidade é possível utilizar trem ou ônibus.






Como dito anteriormente existe um serviço de combo (Ingressos + Transportes). Os ônibus da Keukenhof Express partem de alguns locais  como  Estação Central de Leiden (ônibus 854), centro de Amsterdam (ônibus 858), Haarlem station (ônibus 50) Katwijk, Noordwijk or Noordwijkerhout (ônibus 90), Aeroporto Schiphol (ônibus 858), este aeroporto fica em amsterdã foi a forma que escolhi para chegar no parque Keukenhof.

trajeto para chegar no keukenhof
Foto reprodução/ Keukenhof


Outra forma de adquirir o transporte até o parque


É possível adquirir um bilhete de transporte para o keukenhof  através do passe Amsterdam & Region Travel Ticket, que permite explorar atrações em amsterdã e ao redor da cidade por 1, 2 ou 3 dias.

 Preços em 2018 para:

1 dia - €18.50

2 dias - €26.00

3 dias- €33.50

Os bilhetes são válidos em todas as linhas de metro, bonde e ônibus operadas pela GVB, Connexxion e EBS, incluindo ônibus noturnos. Os ingressos também são válidos nos trens NS na área de Amsterdã. Para chegar ao  Keukenhof é preciso apanhar o ônibus 858 no Aeroporto Schiphol.





Se gostou partilhe com seus amigos e deixe um comentário

Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.
 sociais.

------------------------------------------------------------------
Todas as fotos autorais nessa publicação está identificada com marca d´agua, já as fotos não autorais estão sob licença de livre reprodução.

domingo, 11 de março de 2018

março 11, 2018

Dicas importantes para quem planeja viajar sozinho

Dicas importantes para quem planeja viajar sozinho

Para fazer aquela viagem dos sonhos é preciso pensar em algumas estratégias para tentar garantir o máximo de conforto, economia e segurança. Reunimos algumas dicas que podem ajudar quem pretende viajar sozinho.



1.Informe-se sobre o seu destino
conheça seu destino de viagem

Pesquise ao máximo sobre o seu destino. O indicado é estudar todas as possibilidades de meios de transporte, todas as possibilidades de hospedagem e sempre faça um roteiro para cada dia. Oferecemos roteiros gratuitos ou personalizados aqui no blog para te ajudar.

Você poderá baixar alguns aplicativos e experimentar o desempenho deles antes da viagem. Aplicativos de transporte urbano, por exemplo, tem o Here wego  (oferece mapa offline) e Moovit (oferece serviço de planejamento). Existe infinitos aplicativos teste antes da viagem para saber quais se adequam as suas necessidades.

2. Onde se hospedar?

onde se hospedar_ viajar sozinho

Para quem deseja viajar sozinho o ideal e mais barato é ficar num albergue (hostel), pois nesses espaços é possivel uma maior socialização entre pessoas de várias partes do mundo. Se  não aprendeu algum idioma como o inglês, saiba pelo menos algumas palavras e frases básicas. Mas estude inglês, é importante não só para viagens.



Os custos de hospedagem em hostels são bem menores do que em hotéis. Você poderá encontrar boas ofertas de hospedagem na Booking.com que é uma plataforma especializada em hostels, sinceramente, nunca tive problemas com essa plataforma.

Aqui no blog tem uma caixinha de pesquisa na lateral direita da página. Você não paga nada a mais por fazer suas reservas através do blog Desencaixotando a Vida.  
Há outros buscadores de locais para hospedagem como Hostelworld e Trivago, este último é especializado em hotéis, mas  há algumas ofertas de albergues.

Antes de reservar


Antes de fazer qualquer reserva você primeiro precisa ver as comodidades do espaço, políticas de cancelamento e avaliações dos usuários anteriores. Na página da Booking.com, por exemplo, você consegue ter essas informações facilmente.



Quando viajei a Paris não li as avaliações dos usuários, então o barato saiu caro. Fui parar num bairro esquisito e num hostel de baixa qualidade. A solução foi levar tudo na esportiva. Nunca se influencie apenas pelo preço da hospedagem, avalie seu conforto e segurança.



Alguns itens que ajudarão na escolha do hostel perfeito:

- Próximo ao metro ou centro da cidade;

-Cozinha equipada (pelo menos ter um microondas);

-Café da manhã incluso na reserva (poupa nas despesas com o café da manhã);

-Limpeza com boa avaliação dos usuários;

-Bairro considerado seguro;

- Prefira hostels com lockets ou armários para guardar seus objetos quando for sair da propriedade;

- Prefira hostels com portaria 24h, isso pode ajudar a inibir gente mal intencionada;

- Wifi gratuito.

3.Compra das passagens aéreas


comprar passagens aéreas

- Sempre compre as passagens com bastante antecedência, pois voos em cima da hora costumam ser mais caros.

- Nunca compre imediatamente as passagens, pesquise, verifique outras possibilidades.



- Há quem pesquise as passagens aéreas com o navegador em janela anônima. Segundo alguns sites, existe a possibilidade de quanto mais visitas você realizar numa página de uma empresa aérea, mais os preços das passagens podem ser alterados para valores superiores.

Pois quanto maior a procura menor a oferta de passagens mais baratas. Sinceramente, nunca experimentei essa estratégia, portanto, não posso afirmar que funciona exatamente  dessa maneira.

4. Informe seu roteiro por questão de segurança


informe seu roteiro aos familiares


Informe ao familiar ou pessoa  de confiança sobre o seu itinerário, assim poderá ser contactado mais facilmente por essa pessoa durante a viagem.

5. Fazendo as malas


arrume sua mala

Em ambientes mais urbanos prefira mala de rodinhas, porque as mochilas podem ser um transtorno por conta do peso. Se os locais que pretende visitar durante a viagem forem mais íngremes, pavimento irregular, etc. Acredito que as mochilas podem ser mais úteis.

Veja alguns itens indispensáveis em sua bagagem: 


- Documentos

No exterior seu documento de identificação é o passaporte, portanto guarde com cuidado, nunca se afaste dele durante a viagem. Verifique se a validade do passaporte é superior ao tempo da sua viagem para não ter problemas e despesas.

Não esqueça de fazer o seguro viagem, leve a apólice com você e deixe uma cópia com seu familiar ou pessoa próxima.

-Roupas fáceis de secar

Caso haja algum imprevisto poderá lavar suas roupas facilmente.

-Toalha de piscina (seca mais rápido)

Evita de ficar úmida muito tempo e ficar com mal cheiro.

- Celular e câmera

Sempre leve uma segunda opção para registar seus momentos, e o celular também serve para acessar a Internet. Lembre-se de colocar o celular no modo avião durante os passeios, pois o GPS e alguns outros aplicativos consomem muito a bateria do aparelho.

- Leve um adaptador e Carregadores dos seus aparelhos eletrônicos

As entradas das tomadas no mundo podem variar, leve um adaptar universal. E não esqueça dos carregadores de aparelhos eletrônicos que portar.

-Kit farmácia

Sempre leve medicamentos que usa continuamente ou alguns para uma eventual necessidade. Lembre-se você estará sozinho, não haverá alguém para sair e comprar um medicamento para você. Preste atenção que alguns medicamentos devem ser acompanhados de receitas médicas e algumas substâncias são proibidas em alguns países. Informe-se!

- Garrafinha
Sempre leve uma garrafinha, porque 1 copo d´água pode ser muito caro em muitos lugares, então sempre que ver um bebedouro poderá encher sua garrafinha. Assim poupará com as despesas com água. Há lugares no mundo onde é possível beber água diretamente da torneira, Informe-se!

-Doleira

Leve uma doleira para guardar seu dinheiro e documentos, nunca se afaste dela durante a viagem. O legal da doleira que ela pode ser colocada debaixo da roupa discretamente, em caso de furtos seus pertences essenciais serão preservados.


- Dinheiro e outras formas de pagamento

Sempre leve dinheiro a mais, e principalmente distribua em outras formas de pagamento. Nunca se sabe o que pode acontecer, então não ficará limitado se caso tenha outras formas de pagamento. Lembre- se que você estará sozinho, então pouco provável haverá alguém para te ajudar financeiramente, se caso haja um imprevisto.

- Cadeados


Sempre leve cadeados para colocar em sua mala ou mochila. Não impede o furto da mala ou mochila em si, mas afasta os ladrões oportunistas de mexerem em suas coisas.



Essas foram algumas dicas sobre quem planeja viajar sozinho(a). Se gostou partilhe com seus amigos e deixe um comentário

Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.
 sociais.



------------------------------------------------------------------

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

fevereiro 27, 2018

Viagem a Paris: O que não postei nas redes sociais- Diário de Bordo1

Paris a cidade dos meus sonhos? Visite Paris

Em geral quando viajamos temos o costume de tirar fotografias e postamos algumas fotos nas redes sociais, mas o que ninguém conta são os "bastidores" da viagem. Resolvi relatar os "perrengues" da viagem que fiz a Paris, e claro relatar também a recompensa que foi conhecer a cidade luz muito bem acompanhada.

De Portugal fomos a Paris


voo Lisboa a Paris
Voo Lisboa-Paris


Fomos a Paris em fevereiro de 2015, ou seja, 1 mês depois dos atentados ao jornal francês Charlie Hebdo. Meu noivo e eu  tínhamos planeado a viagem, mas a terrível notícia nos deixou apreensivos, mesmo assim resolvemos ir com fé em Deus e acreditando que Paris estaria mais segura no período, já que as autoridades estavam em alerta.

Partimos de Portugal do aeroporto de Lisboa no avião da Ryanair. Esta empresa tem vôos para vários destinos da Europa a preços baixos, os chamados low cost

Eu tive medo de ir, fiquei imaginando bombas no avião, terror nas ruas e sempre pensava no pior. E durante a viagem houve uma turbulência muito forte, pensava que o avião não suportaria, então meu noivo segurou a minha mão e passamos a turbulência.

Ele perguntou ao comissário de bordo onde estávamos e o comissário respondeu que estávamos passando por cadeias montanhosas entre a Espanha e a França. Só de lembrar da turbulência já fico nervosa. Aviões nunca foram o meu forte!



Em Paris chegamos no aeroporto de Beauvais-Tillé que fica um pouquinho longe do centro, não me recordo, mas a viagem do aeroporto até o centro durou mais ou menos 1 hora. DBeauvais-Tillé fomos de ônibus até Porte Maillot que fica no centro e pagamos 17 euros cada um, sendo possível comprar o bilhete do ônibus ⇢ online


De Porte Maillot fomos até Barbès - Rochechouart, bairro onde ficamos hospedados num hostel. Estávamos moídos, pois tínhamos  passado  parte da noite no aeroporto de Lisboa, já que não tinha ônibus em Coimbra (onde morávamos) que saísse num horário  que pudéssemos chegar a tempo no aeroporto.


Lugar que nos hospedamos em Paris

local que ficamos hospedados não aparentava ser a Paris dos meus sonhos. O hostel não era bom em vários aspectos e ainda tínhamos que pagar a Internet se quiséssemos usarO bairro tinha uma movimentação estranha. Pensamos mudar para outro local, pesquisamos na Internet outros hostels, mas as reservas de última hora custavam o olho da cara!


Dica Importante para viajantes:

Vai viajar? Quando fizer reservas em qualquer lugar do mundo, por favor verifiquem os comentários e avaliações dos hóspedes anteriores do local onde escolheu ficar. Isso é fácil acesse o Booking.com ( tem uma caixa de pesquisa no rodapé do blog) pesquise o destino, datas, escolha o local onde quer se hospedar, veja as fotos e as avaliações dos hóspedes, também verifique se a localização é boa.

Meu erro: Não vi as avaliações dos usuários do local onde fiquei em Paris, e acabei ficando num local ruim por causa do preço.

Quanto ao deslocamento, gostei do bairro porque a estação de metro era próxima ao hostel e o serviço de transporte público em Paris é excelente. Como havia dito, o bairro  Barbès - Rochechouart tinha uma movimentação estranha e tínhamos que ter um pouco mais atenção, eu pensava que a preocupação com a segurança era somente nesse bairro, Paris tem muitos golpistas e ladrões circulando nos pontos turísticos e metros.


A primeira coisa que fizemos depois de nos acomodarmos no hostel, advinha? Procurar onde comer! Entramos numa lanchonete que você pensaria "o que não mata engorda" se é que me entende? Os chamados no Brasil de lugares "cai duro". Toda viagem sem um "perrengue" não tem graça, não é? 


Descobri Paris a cidade dos meus sonhos


Em Paris as atrações principais são um pouco afastadas umas das outras, então o aconselhável é utilizar o metro. A estação do metro ficava em frente ao hostel, pegamos um metro N2 no sentindo da parada Franklin D.Roosevelt, desse ponto andamos um pouquinho e chegamos na luxuosa avenida Champs-Élysées.


Champs-Élysées  Paris dos meus sonhos
Avenida Champs-Élysées
No final da avenida Champs-Élysées fica o famoso Arco do Triunfo. O monumento é uma homenagem às vitorias bélicas de Napoleão Bonaparte, ele ordenou sua construção em 1806, mas só foi inaugurado em 1836. Há monumentos no chão que também estão relacionados ao fim da 1ª Guerra mundial. 

Arco do Triunfo foi primeiro símbolo parisiense que vimos, nem acreditávamos no que víamos. Foi maravilhoso perceber que Paris saiu das novelas, livros e filmes para nós. Estávamos lá! De verdade!

Paris Arco do Triunfo

Arco do Triunfo visto da avenida Champs-Élysées  



A primeira vez que vimos a Torre Eiffel (Tour Eiffel) durante a viagem, nós avistamos com a perspectiva da foto abaixo. Eu não me lembro se foi no primeiro dia da viagem, não tenho certeza.
paris torre eiffel
Torre Eiffeil  e Rio Sena

Muitos caminhos a pé levam a Torre Eiffel, mas aviso que a caminhada é puxada porque parece que a torre está perto, sendo que ela ainda continua longe, como numa ilusão de ótica. Lembro-me que fomos até a torre pela avenida Jorge V, esta avenida tem muitos estabelecimentos luxuosos como a loja da Louis Vuitton.

Eu olhei algumas bolsas e outros objetos da loja, algumas coisas gostei e outras não, e achei tudo caro, por exemplo, uma bolsinha de mão custava €600 e poucos euros. Gosto de bolsas, mas mesmo que tivesse esse dinheiro disponível no momento, não investiria numa bolsa cara que não caberia todas as minhas coisas.

Depois de andar pelas ruas do centro de Paris, fomos num café bem jeitosinho e experimentamos o famoso baguete Francês e tomamos um café bem quentinho. Quando estávamos voltando para o hostel, vimos o arco do triunfo na perspectiva da foto abaixo, só que havia muitos carros, não consegui tirar uma boa foto.

Visitar Paris Iluminada e luxuosa avenida Champs-Élysées.
Iluminada e luxuosa avenida Champs-Élysées.

Nem tudo são flores, pois há sempre um "perrengue" durante uma viagem. Por isso é importante o planejamento. Se a coisa ficou ruim, levamos na esportiva e rimos até hoje sobre tudo que aconteceu. 


Paris é Paris, não é mon amour?


Se gostou partilhe com seus amigos e deixe um comentário

Entre em contato com o Desencaixotando a vida também pelas redes sociais.


 sociais.

------------------------------------------------------------------

Todas as fotos autorais nessa publicação está identificada com marca d´agua, já as fotos não autorais estão sob licença de livre reprodução.

O Blog

Termo desencaixotando remete a ideia de "olhar fora da caixa" que significa sair de uma zona de conforto, permitir mudanças positivas ao longo da vida, investir em novas ideias e possibilidades. Superação/ Desenvolvimento pessoal/ Viagens / Dicas e muito mais! "Olhe fora da caixa!"
Learn More →

Siga-nos